REPOSIÇÃO DE LÍQUIDOS PARA ATLETAS: APLICAÇÕES PRÁTICAS

27/02/2014

Quando se trata de levar ao máximo a capacidade mental, seja na escola, seja em uma competição, o estado de hidratação interfere no desempenho. A desidratação, em especial, baixa a energia mental, causa fadiga, letargia, tontura e dor de cabeça, e certamente fará a pessoa sentir-se indisposta.

Veja abaixo algumas aplicações práticas:

ANTES DO EXERCÍCIO:
- 2 a 3 horas, beber 503 a 708 ml de água ou bebida esportiva.
- 10 a 20 minutos, beber 201 a 296 ml de água ou bebida esportiva.

DURANTE O EXERCÍCIO:
- Atletas se beneficiam com líquidos com carboidratos em muitas situações.
- Se o exercício demorar mais do que 45 minutos ou for intenso, deve-se tomar bebida com carboidrato (bebida esportiva) durante a atividade.
- Uma solução de 6 a 8% de carboidrato mantém perfeito o metabolismo dos carboidratos.
- Durante eventos, quando há necessidade de alta ingestão de líquidos para garantir a hidratação, a composição de carboidrato deve ser baixa (menos de 7%) para que a assimilação de líquidos seja ideal.
- Líquidos que contêm sal (cloreto de sódio) são vantajosos por aumentarem a sede e a ingestão voluntária, bem como por compensar as perdas.
- Recomendam-se bebidas frias na temperatura de 10 a 15°C.
- A cada 10 a 20 minutos, beber 207 a 296 ml de água ou bebida esportiva.

*Atletas devem ser incentivados a beber além de sua sede.

DEPOIS DO EXERCÍCIO:
- Dentro de 2 horas, beber o suficiente para repor todo o peso perdido com exercício; beber aproximadamente 708 ml de água ou bebida esportiva por 0,5 kg de peso perdido.
- Dentro de 6 horas, beber 25 a 50% mais do que o peso perdido pelo exercício.

PARA SABER QUAL DEVE SER SUA INGESTÃO DE ÁGUA ADEQUADA,CONSULTE SEU NUTRICIONISTA POIS CADA INDIVÍDUO POSSUI UMA NESCESSIDADE DIÁRIA DIFERENCIADA.

Por Fernanda Philbert Alves,
Nutricionista
fernandaphilbert@terra.com.br



Novidades e
ofertas exclusivas!